sexta-feira, 2 de março de 2012

AMAR DE LONGE


Extraido do site: http://gentedefe.com/karlak2/2012/01/



“Insisto que a gente precisa se respeitar, se cuidar. Só assim o outro vai querer te cuidar também. O amor é bonito, sim. É aprendizado, é luta diária, é glória, é superação, é vontade, é cumplicidade, intimidade, amizade. E acima de tudo o amor precisa ser paciente. Muito paciente. Tem que entender que tudo tem sua hora. Que às vezes a distância dói, machuca e lateja.
Amar de longe não é fácil. É complicado não acordar com aquele cheiro, aquele calor do corpo, aquele abraço. É doloroso não ter aquela voz no ouvido, aquele colo, aquela risada boa e boba. Pode ser logo ali, naquela cidade que fica a quarenta e cinco minutos de avião. Pode ser lá longe, em outro país. Pode ser em outro estado. Pode ser do outro lado do oceano. Não importa: a saudade arde. Mas serve para nos mostrar como o outro é importante. Serve para mostrar como pequenas coisas fazem falta. A saudade faz a gente prestar mais atenção no outro. E, principalmente, a saudade mostra o que é de verdade. Porque só os amores guerreiros sobrevivem ao tempo e à distância.”

Clarissa Corrêa

Lindo poema, que nessa sexta vem tocar bem ao fundo do coração, se você passa; sente um aperto, uma angustia sem razão, nesse dia te desejo, muito amor, fé e iluminação! Não desista.


P.S.: Namorado e eu já passamos por esta situação, não é fácil nãoo, viu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, espero te ver novamente por aqui! Assim que der, retribuirei com muito carinho ♥
Se você me seguir, deixe seu blog para que eu posso seguir novamente.
Beijos, beijos