quinta-feira, 1 de março de 2012

A MINHA HISTÓRIA DE AMOR

Tenho muitas novidades para contar a vocês, que na verdade nem sei por onde começar. Ai que confusão! Rs

Resumindo minha história de amor:

Moramos no mesmo bairro, mas acreditem não nos conhecíamos até então, comecei a conversar com ele pela internet, fui estagiária quatro anos na educação infantil, ele ia levar o irmão, começamos a nos falar pessoalmente. Marcamos de "conversar".
No primeiro encontro quase deu tudo errado, mas, talvez o destino deu uma forcinha, com uma hora de desencontro, nós dois indo pra casa, nos encontramos no caminho, quase não acrediteiiii.
Parei
Conversei
Beijei
Ele era muito cheirosooooo,
me apaixonei!
E durante um mês mais ou menos, eu não sabia, mas, ele era 3 anos mais novo que eu! Eu com 19, ele com 15. Faltando um mês para os 16, isso final de 2007 (11/11/2007). Descobri por acaso, levei um susto, mas, o sentimento já estava nascendo aqui♥. Não resisti, tão contra a homens mais novos, continuei!

Namorar com direito a este cenário; não tem preço!

No começo era meio escondido, acreditem ou não, minha mãe é super protetora e eu apesar de ter quase 19 anos, ainda não comentava abertamente os assuntos com ela. Mas, como diz o ditado, o amor é cego e os vizinhos nãoooo! Fomos pegos aos poucos, ele começou a vir até a esquina, até o portão, entrou, conheceu a família, eu estava finalmente namorando "sério". Rs

Um ano de pura paixão, começo de namoro vocês sabem como é.
Muidinha, loirinha
Moreno
Mizi
Grandão, Mor, Xu
Tinho, tinho pegou!
Sempre aquele grude, filme, passeio com os amigos, reunião, namoro no sofá, quarta do sofá, rs. Tudo era novo, tudo era mágico, ele dava cor ao meu dia. Passados um ano e quase três meses, terminamos, aconteceu, não pude evitar, fevereiro de 2009 o amor não resistiu a uma pequena mentira, não houve traições, houve orgulho de minha parte, terminei, nos separamos, mas o sentimento ainda estava presente -oqueéterrivel.

Sofri,
chorei,
fiquei os primeiros meses de molho, como toda dor de coração partido. Sem apetite, acabei tendo uma coisa boa, emagreci um pouco, rs!
Auto-estima em alta
coração curado
Alma em dia
Deus no coração, me ergui. Estava sorrindo pra vida novamente.

Lá se passaram quase 7 meses, durante este tempo enquanto eu passei os primeiros meses mal, ele estava bom, quando estava boa, a mãe dele revelou, ele estava mal! No começo não nos falamos, nos víamos pouco, após uns 2/3 meses, começamos a saber por amigos um do outro, do desejo de se ter uma amizade,  Ele dizia isso freqüentemente a uma amiga, começamos a conversar, antes não queria nem papo, nem ouvir falar, nem cogitar reatar, repensei! Liguei. Que coragem, quanta ousadia. Sou assim, quando quero, QUERO, quando não, NÃO mais!

Marcamos de nos encontrar, me entreguei aos sentimentos. Não resisti! Desfrutei. No momento pensei talvez este fosse o homem da minha vida. Meu coração estava mais alegre que o normal, todo meu espirito estava.

Voltamos a ficar, escondido, no escurinho, com encontros secretos. Não vou negar, era muito bom! Não aguentamos ou namorávamos novamente, ou essa vida de relacionamento "aberto" não iria dar certo. Decidimos o que nosso coração desejava, namorar!

De lá pra cá, foram muitos altos e baixos, mas nunca mais terminamos, o destino não nos quer separados, quer talvez testar o nosso amor. Neste tempo ele já foi para o exercito...
Que cruel
que teste
que duvida
Namorar a distancia não é fácil... Mas, em alguns meses foi transferido para minha cidade. Garanto, tudo passa!

Passou, ele esta em outra área, hoje estamos novamente como antigamente, um pouco mais firme, um pouco mais equilibrados, mais maduros. Hoje aprendemos e continuaremos a aprender um pouco mais. Isso tudo em 4 anos, e muita coisa resumida.

Hoje meu eterno namorado e futuro marido. Ou como ele mesmo diz, meu NAMORIDO!
Sim, meu namorado e eu vamos morar juntos! O desejo de ficar juntos aumentou muito nesses últimos anos, namoro a um pouco mais de três anos, na verdade meu desejo é viver assim, sempre feliz, superando os problemas, não me importo se não fizer casamento chique, na igreja, me importo em celebrar a data com as pessoas que fazem parte da nossa vida e do nosso coração. Somos jovens, cursando faculdade, estudando muito, ainda não trabalhamos em nossa área, mas, a vontade de ficar junto e ir construindo nossa história aumenta cada dia mais... 

Como ainda não temos uma renda fixa, começaremos morando em uma casa na parte de trás do terreno da mamãe. Sabemos que nem tudo será fácil, mas, somos aqueles casais apaixonados, românticos e com fé pra acreditar e arriscar que tudo dará certo! Estamos empolgados e mês que vem começam as obras, uma casa pequena, mas com a nossa cara, nossa privacidade. Um cantinho para chamar de nosso LAR!

Decreto aberto as histórias de amor deste blog, vamos casais, mandem a sua história para meu e-mail, com os fatos, fotos, lembranças, do jeito que você gostaria de expor. Mostre que ainda existe muito romance nesse mundão. Conto com a sua participação!





P.S.: Encontrei n a m o r i d o no almoço e mostrei o que prentendia postar, ficou orgulhoso! Te amo amor, tudo de bom pra nós! Muito amor blog a fora!

Que toda e qualquer energia negativa que chegar até aqui, se transforme em amor.
Indo curtir um show

Praia D'agua - Imbituba

Aniversário do Tinho - 2009 ou 2010 :S

Final de semana com os amigos na Barra

Curtindo em Garopaba





















2 comentários:

  1. Mi, linda sua história de amor!!!
    Seja bem vinda nessa nova fase da sua vida...
    Bjsss

    ResponderExcluir
  2. ooooh que lindo!
    Felciidadeeeees!!! :)

    http://calcinhasexy.blogspot.com

    Inté :*

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, espero te ver novamente por aqui! Assim que der, retribuirei com muito carinho ♥
Se você me seguir, deixe seu blog para que eu posso seguir novamente.
Beijos, beijos