quarta-feira, 14 de março de 2012

POUPAR PARA CASAR



Bem meninas, não sou uma mulher casada nem nada, apenas namoro, e não sou a mais indicada para falar em poupança, porque adoro umas comprinhas, mas as coisas começam a mudar.

Porquê Miss?

Por que quando você não tem nenhum objetivo, nenhuma preocupação ou necessidade o dinheiro ganho vai como água, escoa pelas suas mãos. Esse mundo de consumo é terrível, não foco só nas mulheres, mas, como é triste pra nós.
Tudo, tudo, quase tudo, é pra mulher, e aposto que é a mulher quem mais gasta com presentes também. E a facilidade hoje em dia pra comprar? É cheque, é cartão, é parcelado em trocentas vezes... que até da medo. Gastamos com higiene, beleza, saúde, transporte, alimentação, educação, fora roupas, sapatos, jóias, cremes, etc..etc..etc.. Minha nossa, um universo infinito de possibilidades para a nossa bufunfinha.



Então no final do mês ou mesmo antes, seu dinheiro diz bye bye querida, ou como dizem: sobra muito mês pra pouco dinheiro. Que triste baby!


Particularmente, eu gosto muito de escolher algo, que eu necessito, lógico, para investir, me programo para cada ano fazer 1,2,3 aquisições que para meu orçamento são grandes, mas nem tanto, ou ta pensando que sou rica, rs. Assim, conseguido me realizar ao invés de sair gastando freneticamente, sem ir a lugar algum. Teve uma época que fiquei até com medo do meu consumismo. Imagina eu, que trabalho no centro da cidade, com hora do almoço livre e lojas abertas, cheiinhas de atrativos? Ficava animadíssima! Pra gastar! E assim eu não iria chegar a lugar algum. Minha irmã que veio morar novamente na mesma cidade que eu começou a perceber meu exagero de chegar quase todos os dias com algo novo, baratinho, porque adoro um preço bom, mas, que faria toda a diferença no final do mês. Afinal, de grão em grão, a galinha enche o papo e os lojistas, o bolso! E o namorado começou a alertar sobre o gastos que vamos ter adiante. Então, estou bem mais controlada, tanto com dinheiro, quanto no cartão.

É muito importante poupar, a primeira coisa que eu e namorado fizemos antes mesmo de falar em morar juntos foi em  começar a separar uma quantia por mês, uma quantia até bem pequena, porque pensamos que poderia ser aproveitada em alguma viagem, em nossas saidinhas no find, com a galera ou em alguma urgência, sabe. E deu muiiiito certo. Esse nosso investimento, sem final previsto atraiu e ajudou muito o nosso desejo de construir. Então, se você esta pensando em algo, converse com seu namo, só não assuste ele com o assunto. E pra você que é casada, o dinheiro é um ponto bem difícil, que se mal aplicado gera problemas, mais que tal juntar os dois salários? Ou do que sobra, poupar uma quantia separada pra cada um, e uma quantia conjunta para a distração do casal? O que acha?


Agora, pra quem vai juntar os trapinhos, ficam as dicas que li no Bolsademulher,  pro casório:

Faça uma lista do que será necessário: alianças (caso não tenham ainda), buffet, bebidas não inclusas, bolo e docinhos, convites, decoração da igreja e da recepção, aluguel do salão, taxas de igreja e celebrante, taxa do cartório, enxoval, foto e filmagem, lembrancinhas de casamento, bem-casados, vestido de noiva, traje do noivo, transporte para cerimônia e recepção, dia da noiva (maquiagem e cabelo), música, segurança, lua-de-mel (passagens, hospedagem/pacote etc). 


- Prefira sempre a simplicidade. "Quanto mais simples forem a cerimônia e a festa, mais fácil será organizá-las. Além disso, antes de fechar um contrato, leia-o cuidadosamente para certificar-se de que você realmente está levando ou alugando o que foi prometido", alerta Boriola.

- Pesquise bastante. Da a igreja até a lua-de-mel, tudo deve ser muito bem pensado. Faça uso de internet, catálogos e dicas de amigos e parentes. Depois, procure conhecer de perto os possíveis locais para a cerimônia e para a festa e fique de olho nos detalhes para não comprar gato por lebre. Que tal buscar uma igreja (ou templo) menor, mas que seja aconchegante e bonitinha? A lua-de-mel também não precisa ser em um lugar muito distante - confira se não há opções confortáveis e igualmente inesquecíveis mais perto de vocês. Deixe para fazer aquela viagem internacional mais cara quando o momento for propício financeiramente.

- Se você fizer as reservas com bastante antecedência, certifique-se de que há um limite para o aumento de preços. Segundo o especialista, também não se deve marcar a cerimônia em uma data próxima a feriados, pois dificulta o acesso aos serviços e pode elevar os preços. Além disso, há o risco de muitos convidados com que se está contando faltarem. 

- Faça o casamento pela manhã ou à tarde. "Muitos salões já possuem reservas para o período noturno e poderão reservar os horários diurnos por um custo menor", argumenta Cláudio Boriola, destacando que, antes de reservar o carro, a decoração das mesas etc, é bom ver se o local escolhido para a recepção não oferece esses serviços por um preço melhor. Pode-se, ainda, diminuir o tempo da recepção - de até seis horas para três ou quatro horas, por exemplo. "Com isso, você gastará menos com comida, bebida etc. E esqueça a idéia de fazer a recepção em sua própria casa! Longe de ser uma opção mais barata, isso requer o dobro de cuidados e pode acabar virando uma grande dor de cabeça", adverte o consultor. 

 “Não há necessidade de decorar todos os bancos com arranjos e encher o altar de flores. Deixe para caprichar na decoração da festa”

- Vale a pena alugar o vestido de noiva e o fraque, por exemplo. Não há motivos para comprar e ficar com eles o resto da vida. "E se precisar pedir orçamentos por telefone, não diga de imediato para o que é. Muitos fornecedores costumam aumentar o preço, ao saber que se trata de um casamento", dá a dica.
- Faça uma lista contendo somente os convidados indispensáveis e acrescente outros apenas se o orçamento permitir. Evite também convidar muitas daminhas e pajens. 

- De acordo com o horário escolhido e o número de convidados, não é necessário oferecer um grande almoço ou jantar após o casamento. Existem outras opções elegantes e mais em conta, como café da manhã, brunch ou coquetel. 

- Escolha um carro bonito que não seja caro. O veículo deve acomodar a noiva confortavelmente com o vestido escolhido. Para animar a festa, chame um DJ, um músico ou uma pequena banda - fica mais em conta do que uma banda completa ou uma orquestra. "É claro que, se algum amigo se oferecer para animar a festa, não recuse", lembra.
 
- Onde não deve haver muita economia: não compre ou alugue um vestido de qualidade duvidosa. A economia não vale a dor de cabeça e o desgosto que você terá. Evite também contratar um fotógrafo ou um videomaker amador. "O resultado pode ser desastroso porque ele não tem como assegurar a qualidade do seu trabalho, que você guardará com carinho para o resto da vida", conclui Boriola.



+ 8 Motivos para poupar:

1- Garantir um futuro tranquilo.
2- Reserva para emergências

3- Pagar o estudo de seus filhos
.
4- Comprar á vista, sem juros, com descontos.

5- Fazer uma viagem

6- Comprar uma casa própria, pois aluguel é dinheiro jogado fora.

7- Trocar de carro
ou comprar seu primeiro
8- E porque, Dinheiro atrai dinheiro.

 E finalmente: Não gaste mais do que ganha! Essa é a máxima de todas.

SIM! Nós temos um cofrinho, kkkkkk
 


P.S.: Namorado é meu economista particular!

3 comentários:

  1. Oie, nossa amei este post.
    Sou muito gastona, agora imagino você no centro, que tentação né? kkk
    Aos poucos estou me reeducando pois é uma necessidade não é mesmo?
    Parabéns pelo post, achei muito criativo!
    Bsjs linda

    ResponderExcluir
  2. Pri-o-ri-da-de! Essa é a palavra, amiga! Veja o que é prioridade em sua vida e foque! Só assim conseguimos atingir o nosso objetivo!! Olha, experência própria!!! Faz anos que estou juntando dinheiro, poupando e...poupando, mas é só assim que conseguiremos ter o que queremos!!! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oii!! conheci seu blog e estou te seguindo!!

    Pq casar gasta tanto, né? =(

    Bjsss

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, espero te ver novamente por aqui! Assim que der, retribuirei com muito carinho ♥
Se você me seguir, deixe seu blog para que eu posso seguir novamente.
Beijos, beijos