segunda-feira, 30 de abril de 2012

NAS VITRINES: MEIA CALÇA OMBRÉ

Oi, tudo bem? Descansando muito? Normalmente nós, mulheres, acabamos trabalhando muito em casa quando tem um feriadinho pela frente, eu pelo menos gosto sempre de deixar tudo em ordem, #paranóiasdamiss, para algumas, que emendaram o final de semana com o feriado o descanso ficou prolongado. Que coisa boa, estou sentindo uma inveja gostosa aquii!
Bem, vim até aqui para mostrar a vocês a m e i a f i n a que vi no site da Etsy, e achei bem diferente. Vocês acreditam que é um trabalho delicado, toda feita a mão, elas demoram até 4 semanas para ficarem prontas, já imaginaram a ansiedade de quem faz a compra e espera?!
Para ser beeeem sincera, talvez eu não tenha coragem de usar, não porque ache feia, mas, porque o look montado tem que ser pensando, descolado e na maioria das vezes me arrumo na pressa, jogando sempre com peças curingas, discretas e clássicas, mas, elas não são algo tão sem noção assim, na verdade a beleza esta no estilo ombré, o mesmo ombré dos cabelos, isso mesmo! As calças ficam como um degrade e tem algumas cores para a venda.






O que vocês acharam dessa moda?
Um feliz dia do trabalhador, principalmente aos trabalhadores do nosso país que fazem tanto por nós e não são valorizados.


 P.S.: Namorado é muito trabalhador. Parabéns meu lindo!

sexta-feira, 27 de abril de 2012

NOIVA EM CENA: VOCÊ VAI USAR UMA TIARA?

Se você vai optar por um penteado com tiara na festa do seu casamento, veja alguns modelos desse acessório que faz a cabeça de muitas mulheres.

Ar de realeza, beleza de princesa.


A tiara é um acessório que nunca sai de moda.



Os penteados para se usar com tiara são variados. Você pode optar entre: coques com ou sem volume, cabelo solto, com cachos largos ou um cabelo ondulado. Ainda podemos destacar o cabelo preso atrás, com um ar bagunçado, com a tiara dando um toque final.




Seu penteado incrível até o fim da festa.







Neste dia você tem todo o direito de ser a princesa que sempre sonhou.






P.S.: Isto é que vos peço, que vosso amor cresça cada vez mais. Felipenses 1,9

COQUE PARA CABELOS LONGOS + COQUE PARA NOIVAS

Para quem tem cabelos longos e gosta de mudar um pouco vez ou outra, aderir a penteados fáceis é uma ótima solução.
Na hora da correria sou uma péssima mulher, meu cabelo acaba ficando solto ou amarrado em rabo de cavalo, por isso ao pesquisar as coisinhas para mim, sempre tento compartilhar com vocês.

Este coque é diferente e não é tão complicado de ser feito. A imagem eu encontrei pesquisando no google e com esse passo a passo fica ótimo seguir.


1 - Tenha em mãos um amarrador grosso, tipo bem fofo.
2 - Faça um rabo de cavalo de sua preferência, alto ou baixo e coloque o amarrador bem junto ao inicio do rabo.
3 - Espalhe o cabelo para que cubra o amarrador, se precisar abaixe um pouco a cabeça.
4 - Prenda com outro elástico fino o cabelo, de modo que o amarrador grosso fique todo escondido.
5 - Com as pontas que sobraram você faz uma volta em torno do coque cobrindo todo o elástico. 
6 - As pontinhas podem ser presas com grampos para não desprenderem.

Claro que eu não poderia deixar minhas amigas noivinhas de fora dessa, já que elas é que ficam bem indecisas na hora de optar por um penteado, são inúmeros modelos após decidir o adorno que a noiva irá usar. A questão é não se estressar e fazer os penteados escolhidos para ver se fica bem, é o fim a duvida na certa! Rs.
E olha só como nosso amigo Coque deixa as iluminadas da noite mais lindas ainda:

Fonte: google
Fonte: Google
Fonte:Ideiajovem
Fonte: Google
Fonte: Google

Fonte: Mariaguapajóias
Fonte: Tanamoda
Fonte: Noivas.net

Fonte: ZonaMulher 





P.S.: Namorado esse final de semana você vai ter que trabalhar na casinha, e eu? Te faço companhia.



 

quinta-feira, 26 de abril de 2012

A REFORMA DA FUTURA CASINHA -SONHOS E DESEJOS

A construção da futura casinha vai indo um pouco lenta, na verdade para quem quer morar nela o tempo é o pior inimigo, pois queremos tudo para ontem.
É quase um tormento passar pelas lojas e observar em folhetos os móveis e os pequenos detalhes que desejo, mas, estou tentando me segurar. A minha parte mesmo vai ficar por conta de deixar tudo com cara de lar, bem gostosinho, quando a casa estiver pronta, porque enquanto namorado e cunhado continuam esforçados e abdicando do seu sábado para realizar nossos sonhos, eu fico neste mundo blogueiro me inspirando com várias dicas de pessoas com dons incríveis e maravilhosos.
Para os nossos desejos a espera parece longa, demora taaantoo, mas não depende somente de mim e acima de tudo construir gera gastos, muitos gastos.

Na construção algumas paredes que faltavam já foram levantadas, pois se tratava de uma area de serviços, vendo as fotos confesso que até desanima um pouco, parece que não vai ficar como imaginamos, mas, continuaremos firmes e fortes tentando, ainda falta construir mais uma ou duas, e quebrar outra, aumentar janelas, trocar algumas coisas, nossa, rs.
Os meninos agora estão nas paredes do banheiro, que não bati foto ainda, dias de semana sempre chego a noite, então fica difícil. Já encomendamos alguns materiais da lage que vou saber mais tarde se chegou e conto pra vocês (Não resisti e liguei pra mamis, ela disse que já chegou). Papi esta dando conta do encanamento do banheiro pois assim economizamos onde podemos, já que estamos construindo bem dizer um castelo com pedrinhas achadas pelo caminho, mas, voltando ao encanamento, não esta pronto ainda, porque as vezes acontecem algumas mudanças e qualquer cano ou material que falta se vão mais dinheirinhos. Uiui.

Algumas fotos do terreno e dos planos:





Antes de iniciar as obras eu fiz algumas plantas para ver como ficaria a casinha. Não sou arquiteta e os arquitetos que me desculpem e não me matem se perceber muitos erros, mas, sou do tipo que sonhos são planejados, visualizados e realizados. Ulala!

1ª Planta:
Planos antigos, quando a casa seria o segundo pavimento da casa da minha mãe:
- Ela é uma casa pequena, com cômodos para um casal, com uma sacada no quarto e um deck que amo e queria muito ter.

Como os planos mudaram, tivemos que recorrer a segunda opção, então por enquanto, perdi eu deck. :(

2ª Planta:
A planta da primeira casa ficou mais dedicada, rs. Fiz esta hoje para vocês entenderem as mudanças.
- Nesta a casa é térrea, ficou praticamente com as mesmas quantidades de cômodos. Não se apegam aos móveis, ou posições, não lembro onde fiz a primeira planta e nesta eram somente esses que o programa me oferecia. Entretanto, para ter uma noção dos nossos desejos ele é ótimo, é isto mais ou menos que quero. Simples, mas, meu lar.



O desejo mesmo é compartilhar a animação, mesmo demorando não quero deixar que o tempo estrague ou que o desanimo tome conta de nossos corações, da nossa cabeça. É tão gostoso ver seus planos saírem do papel, virar realidade, é uma sensação de bem-estar maravilhosa. Enquanto preparava as fotos pra colocar aqui, até pensei em desistir, parece que nada foi feito, que não vai ficar como a gente quer, mas, o otimismo sempre foi um dos meus pontos fortes e com ele vem um bom humor que transforma toda essa construção, essa bagunça, em algo divertido e com aquele sentimento de felicidade.  Espero que esta sensação caminhe conosco ao longo da vida. E que sejamos um casal sempre apaixonado. #meusdesejosbobos, rs


P.S.: Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu. Cantares 6-3

quarta-feira, 25 de abril de 2012

INSEGURANÇA E RELACIONAMENTOS

fonte: google
Sentir-se inseguro em algum setor da sua vida é normal, diante de coisas novas mais ainda, podemos levar a insegurança na verdade como medo, medo do desconhecido, mas, deixar que ela atrapalhe as suas decisões ou sentimentos fica complicado demais.

É possível encontrarmos um equilíbrio para os sentimentos?
A resposta você sabe, sim, mas controlar pensamentos e sentimentos que surgem sem pedir licença também não é tão fácil assim.

Os sentimentos envolvem muito as relações, principalmente as amorosas.
É nestas relações que muitas mulheres perdem anos de suas vidas por viverem sentindo-se inseguras, com aquela sensação de que pode perder o seu amor a qualquer momento. Com isso acabam não desfrutando o que a de melhor na relação a dois, vivem de cobranças, discussões e cara emburrada. E só perde um grande tempo.

Nesse momento então você deve tentar relaxar, se distrair, refletir de onde vem essas sensações, porque você se sente desta forma, essa pessoa fez algo a você, ou isso vem de acontecimentos passados.

Já presenciei e já vivi muitos acontecimentos decorridos da insegurança e ele só acaba destruindo tudo a sua volta, tanto você mesma, quanto a relação com a pessoa amada.

Um bom exemplo de insegurança, é o ciume, o ciume doentio, que faz a pessoa se auto magoar, procurar onde não há nada, fazer tempestades em copo d´agua, se tornar chata, mal-humorada, briguenta. Se o casal souber se respeitar, a relação tem um grande futuro.
Saiba que não existe ameaça para a sua felicidade, ao menos que você deixe essa bomba se instalar em sua cabeça prestes a explodir, e passe a regar mais o ciume, do que o amor no seu coração, porque ele sim, merece carinho e atenção.

Sugiro que você comece a prestar atenção nas suas atitudes, depois de algum tempo, quando o sentimento de insegurança surgir você vai começar a perceber, e ao longo dos dias vai aprender a controla-lo e até esquece-lo bem longe de você.

 



Um entardecer bem lindo gatas, abraços.



 

P.S.: Queria ver o entardecer juntinho de você.

EU ADORO CINEMA: COLCHA DE RETALHOS

Mulherada, eu assisto muitos filmes, adoro-os, mas não pergunte como foi a história, porque sou péssima para explicar e sempre acho todos bons, pelo fato de prestar muita atenção e quase viver a(o) personagem.
Em casa, no cinema, com pipoca, chocolate, é ótimo e... Engordativo, aiai.
Essa estação então é a preferida para este tipo de programa. Um cobertor aconchegante, uma companhia gostosa ou reunida com amigos ou familia, uma história na tela: romance, suspense, ação ou ficção é sempre bem-vindo.



Ontem o local foi a sala de aula e o filme Colcha de Retalhos, de 1995.
O filme foi apresentado pela professora Elina, na verdade, pra tirarmos a relação deste com o trabalho do professor em sala de aula, mas, eu só conseguia pensar em mostrar pra vocês.
Penso que é um filme voltado para a mulherada, mas nem todas irão gostar, pois ele conta a história de Finn Dodd (Wynona Ryder), que enquanto elabora sua tese e se prepara para se casar vai morar na casa da sua avó (Ellen Burstyn). Lá estão várias amigas da família, que preparam uma elaborada colcha de retalhos como presente de casamento. Enquanto o trabalho é feito ela ouve o relato de paixões e envolvimentos, nem sempre moralmente aprováveis mas repletos de sentimentos, que estas mulheres tiveram. Neste meio tempo ela se sente atraída por um desconhecido, criando dúvidas no seu coração que precisam ser esclarecidas. Principalmente o medo do casamento, que para ela vem de longos anos onde sua mãe falava mal do pai. E assim a história vai se desenrolando. É um filme antigo, mas, com olhos criticos torna-se muito esclarecedor.






Onde reside o amor?





Fica a dica também para as pedagogas assistirem e comparar com a educação.


P.S.: Namorado é ótimo em paparicação.

terça-feira, 24 de abril de 2012

DE BEM COM A VIDA

A você, mil desculpas e meu carinho.



Sim eu precisei abandonar um pouco o mundo virtual e por meu mundo offline em dia. E saibam, ainda estou colocando a agenda para funcionar.

São tantas coisas pequenas que vão se acumulando, vamos deixando a vida ir nos levando, mas, não vivemos a vida de verdade. Parei de deixar as horas ditarem meu dia-a-dia, agora organizo meus compromissos, minhas prioridades e realinho meus desejos com as ações.
E quando é você a autora da sua própria história a vida fica muito mais gostosa. Seu espirito fica leve e tranquilo, refletindo isso em todas as áreas.


Após cuidar do seu espirito, não esqueça que seu eu exterior também precisa de cuidados.
A vida não é só trabalhar, o corre corre, os compromissos, é preciso um tempo para você, o seu tempo, desde o fazer uma leitura, a arrumar os cabelos. Porque quanto mais corre corre na sua vida, menos cuidado com você com aparência, mas pra baixo você fica.

Não concordo com o que a mídia faz com a cabeça das pessoas, e como as pessoas são obrigadas a pensar que existe certo biotipo para ser feliz, certa cor de cabelo, de olhos, a boca assim ou assada, mas, creio que seu corpo é seu templo e que ele influencia muito a sua auto-estima e auto-estima pra mim, é importante.

Você deve estar e sentir-se bem com uma pessoa: VOCÊ mesma. Se acha que precisa emagrecer 1kg, 2, vá atrás, pratique exercícios, dê uma caminhada, pedale, faça exercícios em casa, de um jeito de alcançar seu objetivo, só não fique parada. Difícil é para todas, parar acontece, agora desistir, só se você decidir por tal. As pessoas são diferentes, e as vezes o 55kg daquele atriz que é perfeita, não fica tão bem em você, encare a realidade. E então encontre o seu ponteiro da balança. Arrume um tempo, meia hora por dia, no menor dos casos e faça algo por você. Um penteado, as unhas, uma hidratação, cuide do seu corpo pois ele é seu templo.


 
Saia. De casa de preferência. Com os amigos, com o companheiro, com a família. O importante aqui é papear, se divertir, e para isso não esqueça daquela make, daquele perfume, além de linda sua auto-estima vai estar em alto e seu humor contagiante, o que é ótimo para quem esta de companhia.
Amar-se é o primeiro passo para amar o outro. Procure ressaltar seus pontos fortes. Também não adianta nada estar um brinco por fora e sentindo-se um lixo por dentro, pois você vai acabar transmitindo isso para os que estão a sua volta, seja por uma resposta, uma fofoca de alguém, por uma critica, pessoas que não estão bem consigo mesma, acabam enxergando o pior em seu semelhante também.

A sua auto-estima estando baixo afeta a sua segurança, e se você não se sentir segura, MENINA, as coisas começam a ir por agua a baixo, desde você mesma a seus relacionamentos. A insegurança afeta muito a maneira que você tem de enxergar um problema e resolve-lo. Se você não se sente segura, se sente inferior, aceita qualquer coisa e não o melhor pra você, você precisa ser realista e otimista. A fonte que estas e outras "depressões" chegam através de você são seus pensamentos, e cabeça de mulher é uma terra bem fértil né? Tente não se punir, não se sabotar, quando algo que a entristece querer surgir, corra, mude o que esta fazendo, chame uma amiga, ouça sua musica predileta, olhe para algo belo, saboreie algo gostoso, vá se ocupar, nem que seja lavando cuecas, rs, e se dedique ao serviço, se não o bicho das idéias pipocantes te comeeee.
E por favor, pare de se queixar! Eu não sei, mas pense comigo, o que isso vai adiantar? Falar mal vai resolver o problema ou só colocar ele em foco, em importância na sua vida? Se não é bom, se você quer que passe logo, faz isso comigo, DEIXA pra LÁ. Bem longe de mim e de você.

Para que tudo isso funcione, comece acreditando primeiro que você merece o melhor da vida, ame primeiro a Deus, seja qual for a sua crença, tenha fé. A fé dá animo a vida, faz crer, ter esperança, lutar pelos seus desejos, a fé transforma sonhos em realidade.

 
Trabalhe por você, trabalhe você, você é a melhor pessoa que existe no mundo e merece todo cuidado. Qualquer um pode estar de bem com a vida, sendo solteira, casada, ser totalmente independente, basta que você esteja em harmonia entre mente e corpo. A auto-estima é um trabalho diário, e algo que vai deixa-la sempre lá em cima e sua vida as mil maravilhas é manter a harmonia e o equilíbrio de suas emoções, algo difícil garotaaaas, mas não impossível. Quando você põe a vida em ordem e esta de bem com ela, você acaba rendendo mais no trabalho, na acadêmia, no relacionamento, no tratamento com as pessoas. Experimenta, vai!

Ah, depois me conta.





Boa noite, até a próxima.







P.S. Saudades das minhas amigas virtuais, matarei saudades em breve. Hehe
Namorado, eu gosto de admirar as pessoas que amo.

terça-feira, 10 de abril de 2012

SILÊNCIO NO AR. O QUE FAZER QUANDO ELE SE ISOLA?




Saiba respeitar os momentos de introspecção, em vez de sofrer à toa.


O casal está muito bem, quando de repente, sem que a mulher espere, o homem se fecha, vai para um canto da casa e se isola. Ela tenta saber o que aconteceu, mas ele diz que não é nada. Ela continua insistindo, afinal, até poucos minutos atrás ele estava sorrindo e agora está com aquela cara... Ele continua a dizer que não tem problema nenhum, que ela pode ficar tranquila e que é melhor que faça alguma outra coisa. Mas ela não consegue relaxar. Um milhão de hipóteses passa pela mente dela. 
Será que disse algo ofensivo?
Será que está escondendo algo dela?
A tensão vai ficando insuportável e ela começa a exigir que ele fale o que está acontecendo, pois, como ela é sua esposa/namorada/noiva precisa saber. Ele vai ficando extremamente irritado com esta insistência e quando menos se percebe ambos estão gritando um com outro. Ele se afasta ainda mais, ela talvez chore num canto. Se for grave, talvez ele até saia de casa para ficar realmente sozinho. Ela não pode evitar pensar em como ele é bruto e como não a respeita.

Mas, o que foi que aconteceu aqui?



Se esta cena lhe parece familiar e vem acontecendo com frequência, é importante que você saiba agora: provavelmente não estava acontecendo nada demais. Foi tudo ilusão da sua cabeça feminina. Sim, homens e mulheres reagem de forma diferente às situações e é preciso que tanto um quanto o outro respeitem e compreendam estas diferenças.

Para que se entenda melhor, o homem, quando que se sente constrangido, com dúvidas, chateado ou nervoso, tende a se afastar e se isolar. É a forma dele lidar com o que está acontecendo. Não é natural ao homem sentar ao lado da mulher e começar a desabafar tudo o que sente, mas também não é impossível. Ele quer ter certeza de que pode cuidar disso sozinho e para tal, é preciso ficar em silêncio, relaxando, fazendo coisas que o distraiam, enquanto ele pensa sobre sua situação.
A mulher, por outro lado, toda vez que tem um problema, quer ser ouvida, aninhada, protegida. Muitas vezes o homem escuta esse desabafo como uma enxurrada de críticas, até mesmo porque ele deseja ver sua parceira bem. E como ela está lá, reclamando para ele, de alguma forma se sente responsável e culpado. Isso tende a constrangê-lo.
Seguindo este mesmo raciocínio, o homem, que não quer fazer sua companheira se sentir mal por ele, se isola, dando a entender que o problema não é ela. Na verdade, ele se sentirá melhor se, enquanto ele estiver reatraído, ela se divertir, fazer alguma coisa que gosta. Pois ele ficará aliviado de mais uma culpa, a de não estar lhe dando a devida atenção.

Mas por que a mulher se desespera quando o homem se isola?
Porque como ela precisa verbalizar o que sente e é exatamente isso que ele não faz, ela não entende direito o que está acontecendo e isso vai deixando-a cada vez mais agoniada. Como ela pode lidar com algo que desconhece?
Nesses momentos é preciso de fato conhecermos mais um ao outro a ponto de confiar e nos desapegarmos.
Por isso, da próxima vez que seu homem se esconder, deixe-o. Se ele responder que "está tudo bem e que não tem problema nenhum", é sinal que você pode voltar às suas próprias tarefas. Quem sabe ele sinta-se tão bem que você o respeitou que possa até confessar um ou outro pensamento que o aflige, pedindo sua opinião?
Fonte e AutoraVanessa Mazza

Fonte: google



P.S.: O casal de escritores Allam e Barbara Pease possuem livros ótimos sobre esse universo feminino e masculino. Vale a pena ler. Namorado não leu ainda, mas, eu, adorei os livros.